Jornada do Capitão América com Mjolnir

Updated: May 10, 2019

A Marvel realizou o sonho dos fãs e fez uma das cenas mais icônicas dos quadrinhos: Capitão América empunha o martelo do Thor, provando ser digno e meus amigos, que cena. Agora que os spoilers estão liberados e isso já não é novidade, vamos relembrar os momentos nas HQs em que isso aconteceu. De fato, na minha humilde opinião, este momento foi uma das melhores cenas de HQs de todos os tempos.


Thor #390 (1988)


Nesta fase, Steve Rogers não utilizava a identidade de Capitão América, mas sim um uniforme e escudo descaracterizado. John F. Walker (Agente Americano) era o Capitão América oficial. Inicialmente Thor não o reconheceu e Rogers era basicamente um foragido que atuava secretamente. Em um combate com Grog e seus soldados, Thor deixa o seu martelo cair e está passando apuros. Neste momento Rogers consegue pegar o martelo com o intuito de ajudar e passar para o Thor. O curioso é que Rogers achava que o martelo era apenas muito pesado e não fazia a menor ideia da necessidade de ser digno e isso é reconhecido e admirado por Thor depois do combate.





2099: Manifest Destiny (1998)

Na década de 90 a Marvel criou a linha de HQs 2099 que se passava no futuro onde não existiam registros dos heróis. Apenas o Thor era um mito e uma lenda. Para variar encontraram o Capitão América congelado neste futuro, que ao empunhar a bengala de Donald Blake, revela-se o Mjolnir e o transforma em um híbrido de Capitão América com Thor.







E se? X-Men: A Era do Apocalypse (2007)

Na saga da Era do Apocalypse que se passa em um futuro sombrio onde uma nova formação de X-Men liderado por Magneto atua fortemente, existiu uma história do Legião que volta no passado para matar Magneto e pretwnde deixar Xavier reinar os mutantes. E se o Legião matasse ambos Xavier e Magneto? O que aconteceria? Eis que temos um futuro mais sombrio onde o Apocalipse tem um exercito de clones do Peter Parker e a equipe de resitência era formado por Capitão Améria e outros heróis. Aqui sem contexto nenhum Steve Rogers já aparece com o Mjolnir sem máscara e está bem a vontade com a arma. Nate Gray aparece como um potencial super vilão depois de matar Apocalipse e o Capitão consegue matá-lo e diz "sem piedade".

O Próprio medo (2011)

A saga reuniu diversos heróis da Marvel e consiste no contexto em que a filha do Caveira Vermelha, chamada Sin, encontrou um martelo místico que a transformou na divindade Skad que liberta um deus Asgardiano conhecido como "Serpente", que acabou criando sete martelos que capacitariam aqueles merecedores de desencadear o medo. Eles eram Hulk, Juggernaut, Coisa, Titânia, Homem Absorvente, Gárgula Cinza e Attuma. No meio disso tudo em um campo de batalha, Steve Rogers simplesmente pega o Mjolnir e em um momento ápice da saga utliza o martelo. A luta termina com a ajuda de Odin que consegue recolher todos os martelos fornecidos pela Serpente.

Vingadores: A Era de Ultron (2015)

Thor desafia todos os Vingadores no teste de dignidade para levantar o Mjolnir e somente Steve Rogers consegue mover alguns milímitros o martelo. Essa cena é importante pois cria uma expectativa e uma incerteza: Steve conseguiria mover e preferiu ficar na humilde ou ainda não era digno suficiente?

Império Secreto (2017)

Depois do sucesso do filme O Soldado Invernal, a saga Império Secreto conseguiu trazer um impacto semelhante ao do filme. A saga polemizou dizendo que Steve Rogers era na verdade um agente infiltrado da Hydra. Depois de muitas reviravoltas o Capitão América da nossa realidade reaparece e realiza um combate com o Capitão da Hydra e é neste embate que ele empunha o Mjolnir para vencer a luta.


Vingadores: Ultimato (2019)

Depois de liberar este spoiler em um clip, podemos falar abertamente da cena mais impactante do filme. Apesar de não estar totalmente digno em A Era de Ultron, aqui podemos ver um Steve Rogers mais maduro e quase desacreditado de batalhas ao continuar a realizar o trabalho de terapia em grupo como o Falcão fazia. É possível que depois de alguns anos ele tenha ganhado a dignidade merecedora de empunhar o Mjolnir e além do clip a cena é sensacional e sem dúvida um dos marcos históricos dos heróis em quadrinhos sendo retratados nos filmes. Assista o clip abaixo: